Gols, Bahia 3 x 2 Bragantino – Brasileirão Série B 19/11/2016

Curtam nossa página: http://www.facebook.com/LeandroSportsVideos

Tricolor rebaixa Massa Bruta e está quase na elite
O time baiano abriu 2 a 0, sofreu o empate e voltou a ficar na frente apenas aos 42 minutos do segundo tempo.
Assim como vem acontecendo nos últimos jogos, o Bahia fez o torcedor sofrer até os minutos finais, mas conseguiu vencer o Bragantino, por 3 a 2, na Arena Fonte Nova, pela penúltima rodada da Série B, e deu um importante passo rumo a elite do Campeonato Brasileiro.
Por outro lado, o time paulista teve seu rebaixamento para a Série C decretado.
O gol marcado por Renato Cajá aos 42 minutos do segundo tempo levou o Bahia aos 63 pontos e, na terceira colocação, precisa de um simples empate na última rodada contra o Atlético-GO em Goiânia para não depender de outros resultados e subir. Já o Bragantino estacionou nos 32, em 18º lugar e se juntou a Tupi e Sampaio Corrêa, que já haviam sido rebaixados.
Os dois times voltam a campo no próximo sábado pela última rodada. O Bahia precisa de um empate diante do Atlético-GO, às 17h30, no Olímpico, em Goiânia. No mesmo horário, o Bragantino se despede da Série B contra o Londrina, no Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista.
QUE PRIMEIRO TEMPO, AMIGOS!

Apesar da empolgação da torcida tricolor, quem criou o primeiro lance de perigo foi o Bragantino aos dois minutos. Anderson Ligeiro passou por Renê Júnior e finalizou rasteiro. Ele só não abriu o placar porque Muriel se esticou todo e fez a defesa. Após o susto, o Bahia passou a dominar o jogo e não demorou para abrir o placar na Arena Fonte Nova.

Aos 11, Luiz Antônio soltou a bomba de fora da área, a bola tocou no travessão e entrou. Como pingou um pouco depois da linha, o juiz só validou o gol com a ajuda do bandeirinha, que correu para o meio-campo. Seis minutos depois, Luiz Antônio cobrou falta e Hernane Brocador cabeceou no cantinho de Renan Rocha, fazendo a festa dos tricolores, que enlouqueceram nas arquibancadas.

O Bragantino sentiu demais os gols, mas quase diminuiu aos 24. Vitor finalizou, a bola desviou no meio do caminho e Rafael Grampola só não marcou porque Muriel chegou dividindo. Seis minutos depois não teve jeito. Grampola cortou Eduardo e Jackson com um corte seco, passou pelo goleiro tricolor e empurrou a bola para o gol aberto, fazendo um golaço em Salvador.
Victor Rangel tentou o cruzamento para Hernane Brocador, mas quase surpreendeu Renan Rocha e marcou direto. Nos minutos finais, o Bahia esteve muito próximo de ampliar por duas vezes. Renan Rocha cortou cruzamento e Renê Júnior pegou de primeira. A bola passou rente a trave. Logo depois, Victor Rangel cruzou e Hernane Brocador, com o gol aberto, não conseguiu acertar em cheio a bola.

QUE SUFOCO

Precisando da vitória para manter vivo o sonho de escapar do rebaixamento, o Bragantino voltou com uma postura mais ofensiva, mas mesmo assim era o Bahia quem continuava ditando o ritmo de jogo. Victor Rangel cruzou e Edgar Júnior finalizou de primeira. A bola tinha endereço certo se não acertasse no zagueiro Diego Sacoman.

O Bahia foi surpreendido aos 24 minutos. Watson passou por Moisés e, mesmo sem ângulo, arriscou o chute. Muriel, que esperava o cruzamento, não conseguiu fazer a defesa. O silêncio tomou conta da Arena Fonte Nova após o gol de empate do Bragantino. Aos 30, Hernane aproveitou dividida dentro da área e estufou as redes de Renan Rocha. No entanto, o árbitro assinalou falta de Régis em cima de Fabiano.

Os tricolores reclamaram ainda de um pênalti não marcado de Lucas Rocha em cima de Hernane Brocador. Nervoso, o Bahia errava muitos passes. Até que os 42 minutos, Renato Cajá recebeu cruzamento rasteiro de Mário, dominou e acertou uma bomba no ângulo de Renan Rocha. Depois disso, foi só esperar o tempo passar e comemorar a vitória com os torcedores.

HomeCategoriasGames On Line