DETONATube | Youtube Plays 18

Gols, Luverdense 2 x 2 Bahia – Brasileirão Série B 12/11/2016

Curtam nossa página: http://www.facebook.com/LeandroSportsVideos

Empate sofrido, mas com ‘cheirinho’ de acesso!
Edigar Júnio marcou os dois gols tricolores, sendo o segundo somente aos 48 minutos do segundo tempo
A vitória não veio, mas o Bahia conseguiu um ponto que pode ser decisivo na briga pelo acesso no Campeonato Brasileiro da Série B. Com um a mais em quase todo o segundo tempo, o time baiano suou para arrancar um empate nos acréscimos contra o Luverdense, por 2 a 2, na noite deste sábado, no estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde. O duelo foi válido pela 36.ª rodada da competição.
O empate foi um bom resultado pelas circunstâncias do jogo, já que o empate saiu apenas aos 48 minutos através do atacante Edigar Júnio. O ponto somado fez os baianos chegarem aos 60 pontos, na quarta colocação. São dois pontos a mais que Náutico e Londrina, primeiros fora do G4. O time baiano ainda aumenta invencibilidade para sete rodadas, com cinco vitórias e dois empate. Agora, precisa somar quatro pontos nas últimas rodadas contra Bragantino, em casa, e Atlético-GO, foram, para subir sem depender de ninguém.
O Luverdense, por outro lado, apenas cumprirá tabela nas últimas rodadas, quando receberá o Goiás, em Lucas do Rio Verde, e visitará o CRB, em Maceió. O time mato-grossense encerra a rodada na décima colocação, com 52 pontos.

CADÊ O TRICOLOR?
O primeiro tempo teve um nível bem abaixo das expectativas. Sobretudo, pela importância do jogo para o Bahia, que luta pelo acesso. Mesmo apenas cumprindo tabela, o Luverdense foi quem chegou primeiro aos cinco minutos. O volante Jean Patrick cobrou falta da direita e o zagueiro Everton, sozinho na segunda trave, mandou para fora.

Depois disso, contudo, o jogo prosseguiu sem grandes emoções. Os dois times tentaram explorar as laterais, mas não obtiveram êxito. O Tricolor só teve uma boa chance aos 28 minutos do primeiro tempo. O atacante Hernane lançou o volante Renê Júnior nas costas da defesa, mas o jogador foi travado por Everton na hora da finalização. O jogo só começou a melhorar a partir dos 30 minutos. E em uma das raras jogadas de sucesso, o LEC abriu o placar aos 33. O atacante Rafael Silva disparou com liberdade pela esquerda e bateu cruzado da entrada da área. O goleiro Muriel espalmou nos pés de Jean Patrick, que apenas completou.

Pouco depois de abrir o placar, os donos da casa ainda chegaram com perigo em mais duas oportunidades através do meia Sérgio Mota. Na primeira, aos 37 minutos, o jogador fez boa jogada pela esquerda, bateu e a bola saiu desviada para escanteio. Na segunda, aos 39, ele mandou na área e a bola passou na área baiana sem que alguém desviasse para o gol.

DRAMA ATÉ O FIM!
No início da segunda etapa, a postura do Bahia foi outra. Logo a um minuto, Renê Júnior perdeu um gol incrível. Após sobra na área, ele saiu na cara do gol, mas cabeceou em cima do goleiro Diogo Silva. Aos três, contudo, o arqueiro nada pôde fazer. O atacante Misael tocou na direita para Edigar Júnio, que bateu cruzado e rasante, no canto direito do camisa 1.

A partida virou completamente aos cinco minutos, quando Jean Patrick perdeu a cabeça, agrediu Hernane Brocador e foi expulso. Com um a mais, o Esquadrão lançou-se ao ataque com tudo. Entre os 12 e os 16 minutos, foram três ótimas chances. Edigar Júnio, o lateral Eduardo e Misael finalizaram com perigo pela linha de fundo.


HomeCategoriasGames On Line