Goleiro Danilo da Chapecoense se emociona ouvindo narração de sua defesa

Curtam nossa página: http://www.facebook.com/LeandroSportsVideos

Flechada histórica! Chape segura San Lorenzo e está na decisão da Sula
Após empatar fora de casa em 1 a 1, Chapecoense segurou o 0 a 0 na Arena Condá
e está classificada para a grande final da Copa Sul-Americana de 2016.

A Chapecoense segue fazendo história na Copa Sul-Americana. Equipe catarinense recebeu o San Lorenzo na noite desta quarta-feira, segurou o empate por 0 a 0 e por ter marcado fora de casa está na final da competição internacional. Jogando na Arena Condá lotada, o time brasileiro soube jogar contra os argentinos e segue firme na briga pelo título. Gol da classificação foi marcado por Ananias, no primeiro confronto, que aconteceu na Argentina.

O Verdão espera agora o seu adversário na decisão da Copa Sul-Americana, que sai do confronto entre Atlético Nacional e Cerro Porteño. Na ida, equipes ficaram no 1 a 1 no Paraguai e agora os colombianos têm boa vantagem para o jogo da volta, que acontece nesta quinta-feira, às 22h45 (horário de Brasília), no Estádio Atanasio Girardot.

O JOGO

Empurrado pela torcida que lotava a Arena Condá, a Chapecoense começou a partida dominando a posse de bola e tentando jogadas de velocidade com Ananias e Tiaguinho, mas a defesa argentina estava atenta para afastar o perigo. O Verdão conseguiu balançar as redes com Thiego, mas o zagueiro estava impedido e o assistente anulou. Aos 31, Ananias arriscou de fora da área e obrigou o goleiro argentino a se esticar todo para mandar pela linha de fundo. Mesmo com poucas chances claras, os catarinenses foram superiores e dominaram o primeiro tempo.

Na volta para a etapa final, Blandi arriscou do meio da rua e Danilo teve que se esticar todo para evitar o golaço do argentino. A Chapecoense recuou no segundo tempo e o San Lorenzo colocou uma bola na trave após falta cobrada na entrada da área. O Verdão apostava no contra-ataque e em uma saída rápida, Cléber Santana deixou Lucas Gomes na boa para finalizar, obrigando Torrico a espalmar para fora.

Aos 29, Cauteruccio saiu cara a cara com Danilo, que saiu bem nos pés do atacante para evitar o gol. No lance seguinte, Lucas Gomes fez bela jogada individual, rolou para Josimar e chute do volante explodiu na zaga. Os argentinos se mandaram para o ataque e no último lance da partida, Danilo fez defesa sensacional para garantir a Chapecoense na final da Copa Sul-Americana.