DETONATube | Youtube Plays 18

Gols, Avaí 3 x 0 Náutico – Brasileirão Série B 12/11/2016

Curtam nossa página: http://www.facebook.com/LeandroSportsVideos

Marquinhos decide e Leão põe dois pés na elite!
Faltando seis pontos em disputa, Leão abriu cinco pontos para os primeiros clubes fora do G4, que são o próprio Náutico e o Londrina
O acesso no Campeonato Brasileiro da Série B é apenas questão de tempo para o Avaí. Em tarde inspirada do meia Marquinhos, autor de dois gols, o time catarinense mostrou consistência e bateu o concorrente direto Náutico, por 3 a 0, neste sábado, no estádio da Ressacada, em Florianópolis. O duelo foi válido pela 36.ª rodada da competição.
Com este importante resultado, o Avaí chegou a 62 pontos, na terceira colocação, além de manter uma invencibilidade de seis jogos, com quatro vitórias e dois empates. Agora, precisa somar dois pontos nos últimos jogos contra Londrina, fora, e Brasil de Pelotas, em Florianópolis, para conquistar o acesso sem depender de ninguém.
Após esta rodada, a diferença dos catarinenses para os primeiros clubes fora do G4, que são o próprio Náutico e o Londrina, é de cinco pontos. Os pernambucanos estacionaram nos 57 pontos e figuram na quinta posição. Para sonhar com acesso, precisará vencer as últimas partidas contra Tupi, em Juiz de Fora, e Oeste, em Recife, além de depender de combinação de resultados.

DEMOROU, MAS…
A importância do confronto direto tornou o jogo amarrado nos primeiros minutos. Avaí e Náutico se estudaram bastante e adotaram posturas bem cautelosas. A primeira chance clara saiu apenas aos 19 minutos. E foi para o Timbu. O meia Vinícius soltou uma bomba em cobrança de falta e o goleiro Renan se esticou todo para espalmar. O volante Rodrigo Souza não aproveitou o rebote.
Apesar do apoio da torcida, que lotou a Ressacada, o Leão da Ilha encontrou muitas dificuldades para chegar a meta do goleiro Júlio César. A festa dos torcedores locais só foi iniciada graças à categoria do meia Marquinhos. Ele abriu o placar aos 24 minutos com muita categoria, após cobrar falta colocado no ângulo direito do goleiro. Colocou a bola como se empurrasse com a mão.
O gol mudou completamente o cenário do jogo. Os catarinenses passaram a dominar e a chegar com muito perigo. Aos 35 minutos, Marquinhos cobrou falta ensaiada e o meia Diego Jardel bateu para a zaga afastar. Aos 40, o mesmo Marquinhos cobrou falta no travessão e a bola quicou em cima da linha e não entrou. No lance seguinte, foi a vez do meia Renato arriscar de longe e assustar Júlio César.

Acuado, o Timbu até conseguiu respirar quando quase chegou ao empate em finalização de Vinícius para fora, aos 44. Os donos da casa, contudo, estavam com a sorte a favor. Aos 46, o atacante Rômulo foi derrubado na área pelo zagueiro Igor Rabello e o juiz deu pênalti. Na cobrança, Marquinhos soltou bomba no meio do gol e ampliou.

BYE, TIMBU!
Na segunda etapa, o Avaí praticamente não deu tempo para o Náutico esboçar uma reação. Logo aos seis minutos, o time da casa marcou o terceiro gol e liquidou a partida. O volante João Felipe recebeu passe na medida de Renato na ponta direita e cruzou rasteiro para trás. Na marca da pequena área, Rômulo só completou.
Depois do terceiro gol, os catarinenses praticamente abandonaram o ataque. O Timbu foi para o tudo ou nada e começou a criar muitas oportunidades. O goleiro Renan, contudo, estava inspirado. Aos 18 minutos, o meia Maylson soltou uma bomba para ótima defesa do camisa 1. Aos 20, o atacante Rony tentou completar cruzamento, mas o arqueiro afastou bem.
Depois destes lances, entretanto, os visitantes se entregaram. A situação ficou ainda mais complicada com a expulsão do meia Maylson, que deu uma entrada dura em Marquinhos. Até o apito final, o único fato interessante foi o mesmo Marquinhos sair ovacionado pelo estádio, após ser substituído pelo lateral João Paulo.