Santa Cruz 5 x 1 Grêmio, Melhores Momentos – Série A 27/11/2016

Curtam nossa página: http://www.facebook.com/LeandroSportsVideos

Grêmio reserva leva cinco do Santa Cruz antes de final da Copa do Brasil. Perto do título da Copa do Brasil, o Grêmio viu mais longe a possibilidade de chegar à Copa Libertadores 2017 pelo Campeonato Brasileiro em caso de reviravolta na final contra o Atlético-MG. Neste domingo, a equipe foi goleada por 5 a 1 pelo Santa Cruz no Arruda e permaneceu na oitava colocação. Os gols foram marcados por Grafite (duas vezes), Léo Moura, Roberto e Arthur, para o lado pernambucano, e por Miller Bolaños para o Tricolor.

Vale lembrar que a melhor chance de buscar a vaga no torneio continental é através da Copa do Brasil: depois de vencer o Atlético-MG por 3 a 1 na ida, o Grêmio é favorito para confirmar o título em Porto Alegre nesta quarta-feira. Caso perca a taça, o time gaúcho precisaria vencer o Botafogo e torcer por um tropeço do Corinthians para chegar à sétima colocação, uma vez que o Galo, atualmente na quarta posição, abriria uma vaga extra para o sétimo lugar do Brasileiro.

Já rebaixado, o Santa Cruz ao menos conseguiu garantir que não dirá adeus à Série A como lanterna, uma vez que alcançou a marca dos 31 pontos e não pode mais ser alcançado pelo último colocado, o América-MG. Na última rodada, encara o São Paulo no Pacaembu.
Teve até um susto
Keno fez quase todo o trabalho no início do segundo tempo ao levantar a bola na cabeça de Grafite, que só precisou tocar para o fundo da rede para abrir o placar para o Santa Cruz. No entanto, apenas quatro minutos depois, aos sete, Miller Bolaños tabelou com Pedro Rocha pela meia direita, invadiu a área e chutou rasteiro para empatar a partida. A sorte dos pernambucanos foi o gol de Léo Moura aos 15, aproveitando rebote após tentativa de Grafite.
Com estilo
Anote a sequência de gols: Roberto fez o terceiro do Santa aos 40, em cobrança de falta que ainda tocou na trave, Grafite marcou pela segunda vez aos 42 diante do gol vazio, e Arthur fechou a conta aos 44, no apagar das luzes.

O Tricolor até chegou a balançar a rede aos 12 minutos do primeiro tempo, quando Negueba dominou a bola após cobrança de escanteio e cruzou para Henrique, mas o árbitro já havia paralisado a jogada erroneamente por ter visto o centroavante em posição irregular – a condição do jogador era legal. A sorte do mineiro Ricardo Marques Ribeiro foi que o atleta revelado pelo São Paulo havia tocado a bola com a mão no lance anterior, de modo que o lance deveria ter sido anulado de qualquer forma.

Titulares só na Copa
O Grêmio até tem chances matemáticas de terminar a temporada no G-6 do Campeonato Brasileiro, mas é evidente que o foco da equipe está totalmente na finalíssima da Copa do Brasil: o Tricolor venceu o Atlético-MG por 3 a 1 na ida, no Mineirão, e agora pode até perder por um gol de diferença em Porto Alegre para confirmar o título. Consequentemente, o clube optou por só levar jogadores reservas ao Arruda nesta noite.
Cadê o Renato?
O torcedor mais desavisado pode ter se assustado com a ausência de Renato Gaúcho à beira do gramado, mas o técnico do Grêmio permaneceu em Porto Alegre para treinar os titulares que devem jogar a partida de volta da final da Copa do Brasil. O auxiliar James Freitas trabalhou em seu lugar neste domingo.

FICHA TÉCNICA
SANTA CRUZ 5 x 1 GRÊMIO

Local: Arruda, em Recife (PE)
Data e hora: 27/11/2016, domingo, às 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Auxiliares: Pablo Almeida da Costa e Celso Luiz da Silva (ambos de MG)
Cartões amarelos: Léo Moura, Derley, Keno (Santa Cruz); Kaio, Guilherme Amorim, Miller Bolaños, Wallace Reis (Grêmio)
Gols: Grafite, aos três minutos do segundo tempo e aos 42, Léo Moura aos 15, Roberto aos 40, Arthur aos 44 (Santa Cruz); Miller Bolaños, aos sete do segundo (Grêmio)

SANTA CRUZ: Tiago Cardoso; Vítor, Neris, Luan Peres e Roberto; Derley, Léo Moura e João Paulo; Arthur, Keno (Pisano) e Grafite
Técnico: Adriano Teixeira

GRÊMIO: Léo; Wallace Oliveira, Rafael Thyere, Wallace Reis e Iago; Kaio, Guilherme Amorim (Moisés) e Negueba (Sandows); Miller Bolaños, Pedro Rocha e Henrique Almeida (Batista)
Técnico: Renato Gaúcho

HomeCategoriasGames On Line